Rosário Oeste/MT, 27 de agosto de 2014.

Postado em: 29 de janeiro de 2014        Fonte: http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2014/01/energisa-assume-controle-da-concessionaria-de-energia-de-mt.html

Rede Cemat

Energisa assume controle da concessionária de energia de MT

Empresa passa a gerir Rede Cemat e outras sete distribuidoras do país. Grupo Rede, dono da Cemat, está em processo de recuperação judicial.

reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (28) a transferência da gestão da Rede Cemat, concessionária de energia de Mato Grosso, para a Energisa S/A, sediada em Minas Gerais (MG).

A medida já era esperada como alternativa para a continuidade dos negócios da Cemat diante da crise que levou o grupo Rede, proprietária da empresa, a se submeter a um processo de recuperação judicial.

A aprovação da transferência de gestão da Cemat e de outras sete distribuidoras do país àEnergisa foi homologada em reunião da diretoria da Aneel nesta terça-feira. Em Mato Grosso, a Energisa deverá assumir a distribuição de energia elétrica a mais de um milhão de unidades consumidoras. Em número de unidades consumidoras, trata-se da maior distribuidora sob controle do Grupo Rede.

Transferência
Na reunião desta terça-feira, a Aneel determinou que os serviços de geração e distribuição de energia sejam definitivamente assumidos pela Energisa até o dia 15 de abril.

Somente a partir daí deverá ser encerrado o período de intervenção administrativa na Rede Cemat, decretado pela Aneel diante da situação de risco ao interesse público por conta da crise no Grupo Rede, cuja dívida é de aproximadamente R$ 6 bilhões.

A Energisa já divulgou intuito de investir até R$ 1,1 bilhão nas oito concessionárias do Grupo Rede atualmente em recuperação judicial.

Todos os documentos que comprovam o andamento do processo de transferência de gestão deverão em seguida ser repassados pela Energisa em até 30 dias aos interventores da Cemat, que produzirão um balanço em até dois meses.

Procurada, a Cemat informou por meio da assessoria de imprensa que o interventor da empresa deve se pronunciar a respeito da resolução da Aneel apenas após sua publicação oficial.

Você pode se interessar por
Comentários

Agenda

Comente Aqui

AVISO LEGAL
Opinião
Clima
Horóscopo