Denúncia do MPE contra Romoaldo, Fabris e Savi é mantida no Tribunal de Justiça

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) decidiu manter sob responsabilidade da Corte uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) c...

25480_0_grO Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) decidiu manter sob responsabilidade da Corte uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra três deputados estaduais por desvio de R$ 9 milhões da Assembleia Legislativa.

A decisão do Pleno do TJMT, que ocorreu na última quinta-feira (28), está baseada no processo da terceira denúncia relacionada à Operação Ventríloquo, que investiga os deputados Gilmar Fabris (PSD), Romoaldo Júnior (PMDB) e Mauro Savi (PSB) e outras nove pessoas.

De acordo com as investigações do Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), nos anos de 2013 e 2014 os três deputados e comum acordo com o ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, constituíram uma organização criminosa dentro do Poder Legislativo para roubar recursos públicos.

Os parlamentares contavam com o apoio de Luiz Marcio Bastos Pommot e Joaquim Fábio Mielli Camargo, Julio Cesar Domingues Rodrigues, Francisvaldo Mendes Pacheco, Flavio de Godoi, além de pessoas não identificadas para dividirem as tarefas e concluírem a ação criminosa.

O deputado Gilmar Fabris, por exemplo, é citado no processo com o beneficiário de R$ 95 mil. Ele teria usado a ex-assessora Ana Paula Ferrari Aguiar para ocultar a origem do dinheiro.

Foi também requerida a "condenação dos denunciados ao pagamento de indenização pelos prejuízos materiais sofridos pelo Erário Público, que importam no valor de R$9.480.547,69 (nove milhões, quatrocentos e oitenta mil e quinhentos e quarenta e sete reais e sessenta e nove centavos); além da condenação pelos danos morais coletivos sofridos pelo Estado de Mato Grosso e seus concidadãos, os quais foram indelevelmente atingidos em sua dignidade pelos atos criminosos perpetrados pelos ora denunciados, fixando-a no valor de R$10.000.000,00 (dez milhões de reais), cujo valor deverá ser investido em prol das áreas de saúde e educação".
O julgamento foi estabelecido em uma exceção de incompetência suscitada pelo denunciado José Antonio Lopes.

FONTE: O DOCUMENTO:

Nome

Destaque,3,Fotos e eventos,91,Geral,1557,PAPO DE ESQUINA,6,Política,386,Regional,938,Rosário Oeste,1385,Variedades,893,Videos,120,
ltr
item
Biorosario: Denúncia do MPE contra Romoaldo, Fabris e Savi é mantida no Tribunal de Justiça
Denúncia do MPE contra Romoaldo, Fabris e Savi é mantida no Tribunal de Justiça
https://lh3.googleusercontent.com/-0qTRuLoZe8Y/WdEFKW4Ph1I/AAAAAAABOxQ/KwKp68Kdy5UHr-IeXgr4mBPTXBQexGbzgCHMYCw/25480_0_gr_thumb%255B2%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-0qTRuLoZe8Y/WdEFKW4Ph1I/AAAAAAABOxQ/KwKp68Kdy5UHr-IeXgr4mBPTXBQexGbzgCHMYCw/s72-c/25480_0_gr_thumb%255B2%255D?imgmax=800
Biorosario
http://www.biorosario.com.br/2017/10/denuncia-do-mpe-contra-romoaldo-fabris.html
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/2017/10/denuncia-do-mpe-contra-romoaldo-fabris.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy