Obras em Jaciara e Rosário Oeste são objeto de investigação de Ministro e Senador

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve apurar o suposto envolvimento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi e do sen...

cidinho-maggiO ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), deve apurar o suposto envolvimento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi e do senador Cidinho Santos, em um esquema de “caixa 2” por meio de doações do frigorífico Marfrig, denunciado na delação do ex-secretário Pedro Nadaf.
Após homologar o acordo de Nadaf, ele determinou a instauração de petição apartada nos autos para análise e adoção das providências cabíveis.
Fux também impôs o compartilhamento do anexo com o Ministério Público de Mato Grosso, em razão de a narrativa dos fatos indicar possíveis atos de de improbidade administrativa.
Doações da Marfrig
Segundo relatou Pedro Nadaf em um dos depoimentos prestados junto ao Ministério Público Federal (MPF), durante a campanha de 2010, ele, o ex-governador Silval Barbosa e o senador Cidinho pediram apoio financeiro para a campanha eleitoral à Marcos Molina, diretor presidente do Grupo Marfrig.
O colaborador narrou que na reunião com o dono do frigorífico, Silval alegou que a empresa deveria ajudar na campanha política, e que em troca receberia redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) por meio de incentivos fiscais.
“Durante a reunião, Silval Barbosa deixou claro a Marcos Molina que o Grupo Marfrig, por possuir investimentos em Mato Grosso e ainda contar com projetos de novos investimentos, deveria o auxiliar em sua campanha política; em troca dessa ajuda, Silval Barbosa prometeu retorno de apoio ao Grupo Marfrig no tocante a redução de ICMS, por meio de incentivos fiscais”, contou o ex-secretário.
Diante do pedido, Molina se comprometeu em doar R$ 5 milhões, mas disse “que iria estudar melhor e depois daria uma resposta definitiva”.
Contudo, passados alguns dia, segundo Nadaf, o empresário acabou confirmando que auxiliaria a campanha.
“O Grupo Marfrig aceitou contribuir na campanha justamente por conta do retorno do montante desembolsado que iria usufruir em razão da redução tributária na carne”, destacou.
"Apenas parte do valor de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) foi doada oficialmente para a campanha ao senado de Blairo Maggi e parte para a campanha ao governo de 2010 de Silval Barbosa, não sabendo o Declarante descriminar o valores", explicou.
Ainda houve doação de valores por meio da construtora Trimec.
“Houve uma terceira parte do montante de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) que foi repassada para Silval Barbosa através da empresa construtora Trimec, não sabendo o Declarante discriminar quando foi tal divisão de valores. O recebimento desse dinheiro por Silval Barbosa através da Trimec ocorreu através de um contrato simulado de obras de terraplanagem em Jaciara e Rosário Oeste com a empresa Pampeado (empresa do grupo Marfrig), a qual transferiu o valor destinado a Silval Barbosa para a construtora Trimec e esta, por sua vez, repassou os valores oriundos do Grupo Marfrig que havia sido acertado, ao governador”.
O ex-secretário também destacou que "não se recorda ao certo das tratativas posteriores, pois parte das tratativas foram feitas por Cidinho, que na ocasião era suplente de Blairo Maggi e assim também buscava apoio para sua campanha, bem como que era quem do grupo possuía maior contato com o dono da empresa.
“Como o Grupo Marfrig iria receber de volta muito mais do que os R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) que estava doando para as campanhas políticas através dos incentivos fiscais que Silval Barbosa barganhou por tal apoio financeiro, considera o Declarante tal auxílio para campanha do governador também como dinheiro de propina, eis que foi ressarcido à empresa através dos incentivos fiscais, deixando assim o Estado de receber milhões de tributos do Grupo Marfrig”, finalizou.
Outro lado
A assessoria do senador Cidinho afirmou, por telefone, que ele somente apresentou Marcos Molina a Silval e Nadaf, negando que o senador tenha participado de outras reuniões após isso, bem como de ter feito acordos com o frigorífico para receber ajuda na campanha eleitoral.
A reportagem tentou entrar em contato com Blairo Maggi por telefone, mas as ligações cairam direto na caixa postal
FONTE: FOLHA MAX

















Nome

Destaque,2,Esportes,26,Fotos e eventos,76,Geral,1226,PAPO DE ESQUINA,6,Política,234,Regional,776,Rosário Oeste,1307,Tecnologia,81,Variedades,534,Videos,70,
ltr
item
Biorosario: Obras em Jaciara e Rosário Oeste são objeto de investigação de Ministro e Senador
Obras em Jaciara e Rosário Oeste são objeto de investigação de Ministro e Senador
https://lh3.googleusercontent.com/-Qq7PxM1I7AM/WdQZV9WxysI/AAAAAAABPCI/aOOqqClZ27ccyOVyCacTa-QI3bwqlwx1ACHMYCw/cidinho-maggi_thumb%255B2%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-Qq7PxM1I7AM/WdQZV9WxysI/AAAAAAABPCI/aOOqqClZ27ccyOVyCacTa-QI3bwqlwx1ACHMYCw/s72-c/cidinho-maggi_thumb%255B2%255D?imgmax=800
Biorosario
http://www.biorosario.com.br/2017/10/obras-em-jaciara-e-rosario-oeste-sao.html
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/2017/10/obras-em-jaciara-e-rosario-oeste-sao.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy