Trimec e servidor terão que devolver R$ 1,6 milhão por serviço pago e não executado

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT) não acolheu os Embargos de Declaração interposto pelo engenheiro da Secretaria de Estado de Infraest...

3O Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT) não acolheu os Embargos de Declaração interposto pelo engenheiro da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (atual Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana), Carlos Vitor Martins e manteve a condenação para que ele e a empresa Trimec Construções e Terraplanagem Ltda, restituam com recursos próprios, R$ 1.604.037,53 milhão os cofres públicos, por recebimento, sem a devida prestação do serviço.

De acordo com os autos, o engenheiro é acusado de ter pago à Trimec, responsável pela obra de pavimentação da rodovia que liga Barra do Garças ao município de Araguaiana (MT-100), alguns serviços que não foram executados.

O valor é referente a dois serviços diferentes. Um de R$ 1.407.028,00 milhão, que consiste na instalação de cercas de arame farpado com suportes de madeira e também no remanejamento das cercas. Embora não tenham sido executados, planilhas elaboradas pelo engenheiro fiscal Carlos Vitor Martins embasaram o pagamento, conforme parecer do Ministério Público de Contas. O outro serviço era de drenagem, orçado em R$ 197.009,53 mil, que não foi concluído, mas a empresa recebeu por ele.

Diante disso, Carlos Vitor e o superintendente de Obras Tércio Lacerda de Almeida, foram condenados pelo TCE a restituirem com recursos próprios, R$ 1.604.037,53 milhão os cofres públicos, juntamente com a Trimec, e ainda foram multados no valor de R$ 1.540,80 (cada).

Inconformados, os dois ingressaram com recurso contra a decisão. Em julho, o TCE acolheu o pedido de Tércio Lacerda e excluiu a determinação para que ele devolvesse os recursos supostamente pagos indevidamente aos cofres do governo, mantendo apenas a multa aplicada.

Porém, em sessão plenária nesta terça-feira (10.10), o TCE negou o conhecimento do recurso de Carlos Vitor e manteve na íntegra da condenação aplicada a ele.

Fonte: VG Notícias

Nome

Destaque,2,Esportes,26,Fotos e eventos,76,Geral,1226,PAPO DE ESQUINA,6,Política,234,Regional,776,Rosário Oeste,1307,Tecnologia,81,Variedades,534,Videos,70,
ltr
item
Biorosario: Trimec e servidor terão que devolver R$ 1,6 milhão por serviço pago e não executado
Trimec e servidor terão que devolver R$ 1,6 milhão por serviço pago e não executado
https://lh3.googleusercontent.com/-HaG8FS5opbc/Wd1xvVyQ0aI/AAAAAAABP60/HTJTAA3RP3cj2z1q3ATtpvCcpGCuTaTBQCHMYCw/3_thumb%255B2%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-HaG8FS5opbc/Wd1xvVyQ0aI/AAAAAAABP60/HTJTAA3RP3cj2z1q3ATtpvCcpGCuTaTBQCHMYCw/s72-c/3_thumb%255B2%255D?imgmax=800
Biorosario
http://www.biorosario.com.br/2017/10/trimec-e-servidor-terao-que-devolver-r.html
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/2017/10/trimec-e-servidor-terao-que-devolver-r.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy