Projeto prevê tarifa integrada no transporte entre 6 municípios da Baixada Cuiabana

Anteprojeto de Lei apresentado pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (AgemVRC) nesta terça-feira (21...

onibusAnteprojeto de Lei apresentado pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (AgemVRC) nesta terça-feira (21.11) prevê a integração da tarifa e dos modais de transporte entre os municípios de Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Várzea Grande, Cuiabá, Santo Antônio do Leverger e Chapada dos Guimarães. A declaração foi dada pela presidente da AgemVRC, Tânia Matos, durante a audiência pública realizada na Secretaria de Estado de Meio Ambiente, nesta tarde, convocada pela entidade para debater o anteprojeto antes dos últimos ajustes para ser encaminhado à Assembleia Legislativa.

“Se a gente vive na Região Metropolitana, é preciso que as coisas aconteçam de forma integrada, começando pela tarifa. Se você pega um transporte daqui para Nossa Senhora do Livramento, você paga R$ 9,80. De Cuiabá para Várzea Grande se paga por volta de R$ 4. Então é justo que numa Região Metropolitana se faça uma unificação”, defende Tânia, após estudos que se nortearam nas informações e soluções colhidas e propostas em duas rodadas de audiências públicas e temáticas realizadas pela Agem.

Em relação à integração dos modais, Tânia explica um dos itens do tema mobilidade e acessibilidade do anteprojeto. “Eu preciso que um ônibus que saia de Nossa Senhora do Livramento integre numa estação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) e possa chegar ao seu destino de tarifa integrada”, cita.

Outra questão que atinge os seis municípios e chama a atenção no anteprojeto de lei proposto pela Agem e entidades e órgãos parceiros é a questão do saneamento básico. O esgoto de Cuiabá e Várzea Grande cai in natura no Rio Cuiabá, considerado por Tânia a “coluna dorsal” da Região Metropolitana. “Este esgoto acaba rodando os outros municípios rio abaixo, passando por Santo Antônio do Leverger e desaguando no Pantanal, que é Barão de Melgaço”, alerta Tânia.

Contudo, para a presidente da Agem, os estudos não indicam que a solução mais viável para a Agência seja atuar no aumento da estrutura de rede de esgoto de Cuiabá, que hoje chega a apenas 40%. Este é considerado um problema do município. “Queremos resolver o problema deste esgoto que cai sem tratamento no rio e não o aumento na rede de esgoto de Cuiabá, que este já é um problema da prefeitura”, reforça Tânia.

Presente à audiência, o procurador-geral do Estado, Rogério Galo, assegura que todos os atos da Agem, desde a realização das primeiras audiências até a apresentação do anteprojeto para ajustes, cumprem rigorosamente os trâmites legais.

“Nosso objetivo é cumprir o Estatuto da Metrópole e também o estatuto da Região Metropolitana, criado por lei estadual. O papel da Procuradoria é garantir a legalidade jurídica deste instrumento importantíssimo que está sendo hoje apresentado à sociedade, que é a lei que cria o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana. O papel da Procuradoria é harmonizar todos os princípios que constam na Constituição Federal, que constam da lei do Estatuto da Metrópole, para poder estabelecer o que são as funções de interesse comum, quais são estas áreas de interesse comum da Região Metropolitana, garantir também a harmonia com os entes federativos dos municípios que estão envolvidos, enfim, garantir que tenhamos segurança jurídica e que a Região Metropolitana seja efetivamente implantada, e que venha para resolver problemas importantes de todas as cidades que a compõem. O governador vai encaminhar este projeto de lei à Assembleia Legislativa para que seja aprovado e então a gente efetivamente implante a região metropolitana no Vale do Rio Cuiabá”, destacou.

Conforme o promotor de Justiça, Carlos Eduardo Silva, o Ministério Público Estadual acompanha o trabalho da Agem e o resultado é bastante positivo. Segundo ele, este trabalho começou há anos, quando o MPE firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Estado, mas a elaboração do Plano Diretor da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá só começou nesta gestão da Agem.

“Estamos acompanhando. A consultoria que foi contratada é uma consultoria de renome, que faz um trabalho muito sério. A Agem também vem realizando este trabalho de forma muito séria e o Ministério Público vem acompanhando todos os passos e agora chegamos na audiência pública final, de análise do anteprojeto de lei que será encaminhado à Assembleia Legislativa para que possamos discutir isso de forma ampliada com os municípios. Pelo Estatuto da Metrópole, que é o estatuto federal que regulamenta a criação dos planos diretores, o papel do Ministério Público é acompanhar todos os atos da criação do Plano Diretor, fiscalizando a forma como ele é criado. Até agora, aparentemente, tudo tem ocorrido de forma adequada”, destaca o promotor.

O roteiro da audiência pública desta terça-feira foi estruturado de acordo com a minuta do anteprojeto do PDDI, que compreende quatro capítulos que tratam, entre outros, das estratégias do PDDI, do modelo de governança interfederativa, da gestão metropolitana e do sistema de monitoramento e avaliação do PDDI.

Além disso, o anteprojeto detalha os nove Programas Metropolitanos amplamente discutidos nas reuniões temáticas e audiências públicas municipais, previstos para serem implementados nos seis municípios da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá. São eles: Cidadania para o Desenvolvimento, Identidade Cultural Regional, Economia Regional Dinamizadora, Terra Regular, Urbanismo em Rede, Mobilidade Metropolitana Integradora, Saneamento Ambiental, Vale Sustentável e Gestão Metropolitana.

O anteprojeto do PDDI foi elaborado após 1.124 pessoas serem ouvidas em audiências públicas e temáticas para colher informações (diagnóstico) sobre problemas comuns aos municípios de Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Várzea Grande, Cuiabá, Santo Antônio do Leverger e Chapada dos Guimarães - seis municípios integrantes da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá.

O documento também leva em conta a opinião de 717 pessoas ouvidas na fase de elaboração de projetos para solucionar os problemas diagnosticados como comuns aos seis municípios.

Formulado a partir das discussões nas audiências públicas, o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, que vai nortear as ações em comum nos seis municípios, estabelece demandas relacionadas ao Desenvolvimento Econômico Social e Políticas Setoriais (educação, habitação, saúde, turismo, segurança, lazer e esporte), Planejamento do uso e ocupação do solo, Mobilidade e Acessibilidade, Preservação e Conservação de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental.

Após a apresentação em audiência pública, o projeto de lei do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá segue para a apreciação da Assembleia Legislativa.

Fonte: Folhamax

Nome

Destaque,2,ESPERANDO,1,Fotos e eventos,94,Geral,1718,PAPO DE ESQUINA,6,Política,449,Regional,1004,Rosário Oeste,1415,Variedades,1025,Videos,166,
ltr
item
Biorosario: Projeto prevê tarifa integrada no transporte entre 6 municípios da Baixada Cuiabana
Projeto prevê tarifa integrada no transporte entre 6 municípios da Baixada Cuiabana
https://lh3.googleusercontent.com/-gep4CS7L7EI/WhYINelpqqI/AAAAAAABUJA/NKYUIywNlE8HxyAQmtcdIDR212mgDEMpQCHMYCw/onibus_thumb%255B2%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-gep4CS7L7EI/WhYINelpqqI/AAAAAAABUJA/NKYUIywNlE8HxyAQmtcdIDR212mgDEMpQCHMYCw/s72-c/onibus_thumb%255B2%255D?imgmax=800
Biorosario
http://www.biorosario.com.br/2017/11/projeto-preve-tarifa-integrada-no.html
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/
http://www.biorosario.com.br/2017/11/projeto-preve-tarifa-integrada-no.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VER TODOS Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por HOME PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy