Plantão

Homem “vira mulher” para pagar seguro de carro mais barato

27153253232479

MEGACURIOSO

Vocês se lembram do argentino Sergio Lazarovich, que se autodeclarou transgênero e mudou seus documentos para poder se aposentar mais cedo? Ele agora fez escola: um canadense resolveu fazer a mesma coisa para poder pagar um seguro de carro mais barato.

O cara, identificado apenas como David, é um homem cisgênero e heterossexual, isto é, ele se identifica com o gênero masculino que ele nasceu e tem interesses sexuais apenas pelo sexo oposto. Porém, ao tentar comprar um carro novo, ele descobriu que precisaria desembolsar US$ 4,5 mil por ano – uma taxa alta, que leva em conta a sua idade, 23 anos, e seu gênero, já que homens cometem mais acidentes de trânsito.

Ele descobriu que os custos do seguro para uma mulher nas mesmas condições que ele seria de no máximo US$ 3,4 mil e achou a diferença injusta. Ele descobriu brechas na lei que mostravam que se ele fosse transgênero ou quisesse se identificar com o sexo feminino, ele poderia pedir uma declaração de seu médico e entrar na Justiça para trocar sua certidão de nascimento e sua carteira de motorista.

certidão de nascimentoAntiga e nova certidão de nascimento de David: nome permanece, mas letrinha "M", de masculino, mudou para "F", de feminino

Dito e feito: depois de uma burocracia, David conseguiu a nova documentação apenas com base na sua autodeclaração. Na realidade, ele não se identifica como transgênero e nem tem intenção de ser tratado como mulher. Ele só quer economizar no seguro – e conseguiu, diga-se de passagem. Segundo David, ele não tinha intenção nenhuma de ofender ou discriminar o pessoal LGBT que realmente faz essa transição por questões de identificação.

David só queria burlar o sistema e conseguiu. Porém, de acordo com Steve Kee, porta-voz da Secretaria de Seguros do Canadá, existem outros relatos de homens que fizeram o mesmo, mas que ele não sabe o quão popular é essa prática. O próprio Kee alerta que mentir sobre isso pode gerar problemas no futuro, inclusive podendo ser enquadrado como fraude.