Justiça manda Cuiabá pagar locadora de carros que sofreu calote há sete anos

Fonte: Folha Max Contrato entre a prefeitura da Capital e empresa foi firmado em 2008 e teve sucessivas prorrogações O juiz da 4ª Vara Espec...

6e91d6058966312e8bb9bb3aab8f2917Fonte: Folha Max

Contrato entre a prefeitura da Capital e empresa foi firmado em 2008 e teve sucessivas prorrogações

O juiz da 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, Paulo Márcio Soares de Carvalho, condenou a prefeitura de Cuiabá a pagar R$ 255.401,87 mil à empresa Quality Aluguel de Veículos Ltda. A empresa ajuizou um processo no Tribunal de Justiça de Mato Grosso exigindo o pagamento de alugueis, multas e avarias em seus veículos por um contrato firmado em fevereiro de 2008, durante a gestão Wilson Santos (PSDB), e que após três renovações, já no primeiro semestre de 2011 na gestão de Chico Galindo (PTB), deixou de ser honrado pelo poder público da Capital.

A decisão do magistrado é do último dia 15 de junho e ainda cabe recurso. Os R$ 255.401,87 mil ainda serão acrescidos de juros da caderneta de poupança e corrigidos segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E) a partir da data da citação da prefeitura de Cuiabá no processo. “Julgo procedente o pedido para condenar o Município de Cuiabá ao pagamento de R$ 255.401,87, referentes aos serviços prestados pela requerente, a ser acrescido de juros da caderneta de poupança e correção monetária pelo IPCA-E a partir da citação”, diz trecho da decisão.

Segundo informações dos autos a Quality Aluguel de Veículos LTDA venceu uma licitação para o fornecimento de veículos à prefeitura de Cuiabá em 2007. O contrato, porém, foi fechado em fevereiro de 2008 e tinha validade de 12 meses. Após o fim do acordo, o Poder Público da Capital não realizou novos certames, e renovou a prestação de serviços em três oportunidades. “Assevera que em razão de ter se sagrado vencedora, foi pactuado o contrato com prazo de duração de 12 meses. Contudo, o município de Cuiabá renovou o contrato e emitiu o aditivo com a prorrogação da vigência por mais 12 meses, acrescentando, ainda, a locação de sete veículos além daqueles já contratados. Afirma que o contrato ainda teve outros dois aditivos que prorrogaram o contrato até 19 de fevereiro de 2011”, diz trecho dos autos.

A empresa alega no processo que tentou ainda a renovação do contrato junto a prefeitura de Cuiabá, solução negada pela administração pública que justificou, segundo a Quality, que o processo havia sido “burocratizado”. Em junho de 2011 a organização chegou a emitir um ofício à Secretaria Municipal de Saúde exigindo a devolução dos veículos. “Sustenta que o requerido deixou de efetuar o pagamento dos aluguéis, multas de trânsito e avarias causadas pelos seus agentes. Notificou o requerido para que o mesmo efetuasse a quitação da dívida, o que não foi atendido”, finaliza o pedido da empresa.

Em sua decisão, o juiz ressaltou que as notas fiscais apresentadas pela prefeitura de Cuiabá não comprovam os pagamentos realizados à empresa. “No entanto, em sede de contestação, o requerido colaciona aos autos apenas declaração produzida unilateralmente pela assessoria jurídica da Secretaria Municipal de Saúde, afirmando que havia efetuado a quitação das notas fiscais sem, contudo, anexar qualquer documento que caracterize a quitação destes e dos demais serviços prestados pela requerente”, ressaltou o magistrado.

O magistrado sustentou, ainda, que a prefeitura de Cuiabá, que hoje encontra-se sob a gestão de Emanuel Pinheiro (MDB), deveria ser condenada para se evitar o “enriquecimento ilícito”. “Logo, como restou provado o aproveitamento dos serviços pelo ente público e por não ter este juntado aos autos provas de que os serviços não foram efetivamente prestados ou de que houve o pagamento dos valores cobrados, compelir o município réu a arcar com a dívida apresentada é medida que se impõe, sob pena de enriquecimento ilícito do erário”, frisou.

Nome

Destaque,2,ESPERANDO,1,Fotos e eventos,168,Geral,3040,PAPO DE ESQUINA,6,Política,1338,Regional,2035,Rosário Oeste,1855,Variedades,2694,Videos,796,
ltr
item
Biorosario Notícias: Justiça manda Cuiabá pagar locadora de carros que sofreu calote há sete anos
Justiça manda Cuiabá pagar locadora de carros que sofreu calote há sete anos
https://lh3.googleusercontent.com/-j1IobYEx12o/W06PNsyOGGI/AAAAAAABtmU/LL7G3w1T3bMgHhWdoOyt8KWlXUx2FJbNACHMYCw/6e91d6058966312e8bb9bb3aab8f2917%255B3%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-j1IobYEx12o/W06PNsyOGGI/AAAAAAABtmU/LL7G3w1T3bMgHhWdoOyt8KWlXUx2FJbNACHMYCw/s72-c/6e91d6058966312e8bb9bb3aab8f2917%255B3%255D?imgmax=800
Biorosario Notícias
https://www.biorosario.com.br/2018/07/justica-manda-cuiaba-pagar-locadora-de.html
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/2018/07/justica-manda-cuiaba-pagar-locadora-de.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Carregando posts Nenhum post foi encontrado Ver todos Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por Inicio PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy