Botelho: "Não podemos matar nossa galinha dos ovos de ouro"

MIDIA NEWS Presidente da Assembleia defende que agronegócio deveria contribuir mais para Estado sair da crise O deputado estadual Eduardo Bo...

b2f553eb0f81d78ab79e5392a3b57e72

MIDIA NEWS

Presidente da Assembleia defende que agronegócio deveria contribuir mais para Estado sair da crise

O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), presidente da Assembleia Legislativa, afirmou nesta quinta-feira (29) que o agronegócio deveria contribuir mais para que Mato Grosso saia da crise econômica. Ele, no entanto, diz que qualquer medida que implique em maior oneração deve ser precedida de ampla discussão. E afirmou ainda que o setor precisa ser valorizado.

“Não podemos assassinar nossa galinha dos ovos de ouro. Demonizar o setor? Jamais! Se tem alguém que merece respeito neste país é quem produz alimento, quem produz comida”, afirmou, durante a abertura de uma audiência pública na Assembleia convocada para discutir a taxação do agro.

“Não podemos fazer a sociedade consumidora de fibra, proteínas e faminta por mais impostos odiar a única fonte segura que nos faz grande. Pior ainda  é transformar em vilão os homens e mulheres que tiram do solo a matéria-prima que faz o vestuário e aquece os corpos daqueles que vivem fora dele”, afirmou o democrata.

“Transformar em bandido aqueles que alimentam as  bocas famintas? Jamais. Por isso defendo o debate. Acredito ser inevitável encontrar novas soluções para resolver problemas crônicos de nosso Estado”.

“É evidente que existe um Mato Grosso antes do agro e um Mato Grosso depois do agro. É inegável! Nosso Estado, sem as atividade agrícolas, teria muita dificuldade de existir e prosperar. Mas, infelizmente, essa riqueza não chegou a todos os mato-grossenses. Sequer chegou a todos os municípios”, afirmou o presidente da Assembleia.

“Nossa gente é carente de saúde, de educação, de estradas, de pontes, de transporte, o próprio produtor do estado poderá lucrar mais, ter mais competitividade com seus produtos, não passar por tantas dificuldades de transporte, logística e segurança. A arrecadação do Estado cresce todo ano e mesmo assim não consegue atender as demandas. Os problemas e as necessidades crescem muito mais e são maiores que a arrecadação atual”.

Segundo o presidente da Assembleia, muita coisa mudou desde que a Lei Kandir – que isenta do ICMS as commodities de exportação – foi aprovada em 1996. A realidade do Estado hoje, segundo ele, é outra, totalmente diferente da de 22 anos atrás.

“Tanto que muitos daqueles desbravadores pioneiros já venderam suas terras, que já foram agregadas a grandes grupos econômicos. Os incentivos e a desoneração para o setor produtivo foram importantes e justos. Mas não podemos esquecer que toda a sociedade contribuiu, do mais humilde ao mais abastado. Isso foi há 22 anos. A realidade hoje mudou muito”, disse.

Segundo o deputado, nos últimos anos a elite econômica mato-grossense ficou ainda mais rica. “Temos uma elite que está rica e que cada vez mais concentra riqueza. E do outro lado temos a esmagadora maioria da sociedade, que é pobre. E assim vai ficando mais pobre, por estar ficando mais longe do topo da pirâmide econômica. Nossa proposição não é para empobrecer o rico e sim para diminuir a distância entre estes dois extremos,dando melhores condições para que a esperança e a certeza de dias melhores sejam realidade para toda nossa gente”, disse.

Em sua fala, o deputado apresentou um cálculo das perdas do Estado resultantes da Lei Kandir e dos incentivos fiscais, que chegaram a R$ 10 bilhões por ano, enquanto o Fethab 1 e 2 arrecadam cerca de R$ 1 bilhão ao ano. Citando o economista Vivaldo Lopes, ele questionou se não é possível que o agro contribua com R$ 4 bilhões ao ano para o Estado.

Nome

Destaque,2,ESPERANDO,1,Fotos e eventos,168,Geral,3046,PAPO DE ESQUINA,6,Política,1341,Regional,2037,Rosário Oeste,1857,Variedades,2698,Videos,802,
ltr
item
Biorosario Notícias: Botelho: "Não podemos matar nossa galinha dos ovos de ouro"
Botelho: "Não podemos matar nossa galinha dos ovos de ouro"
https://lh3.googleusercontent.com/-tesUNfj0U00/XABweyeyLPI/AAAAAAAB7UU/W4B83PeiUSsqMOGndfOpmaE3sVVsbl_1wCHMYCw/b2f553eb0f81d78ab79e5392a3b57e72_thumb%255B1%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-tesUNfj0U00/XABweyeyLPI/AAAAAAAB7UU/W4B83PeiUSsqMOGndfOpmaE3sVVsbl_1wCHMYCw/s72-c/b2f553eb0f81d78ab79e5392a3b57e72_thumb%255B1%255D?imgmax=800
Biorosario Notícias
https://www.biorosario.com.br/2018/11/botelho-nao-podemos-matar-nossa-galinha.html
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/2018/11/botelho-nao-podemos-matar-nossa-galinha.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Carregando posts Nenhum post foi encontrado Ver todos Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por Inicio PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy