Como a China quer substituir o GPS por um sistema próprio

Olhar Digital O sistema de posicionamento usado no mundo inteiro é o GPS, criado e operado pelo governo dos Estados Unidos. A China quer dim...

20181127114135_660_420

Olhar Digital

O sistema de posicionamento usado no mundo inteiro é o GPS, criado e operado pelo governo dos Estados Unidos. A China quer diminuir a dependência de tecnologias norte-americanas e pretende colocar em operação dentro dos próximos dois anos um substituto chamado Beidou, fruto de um projeto de US$ 9 bilhões financiado pelo governo chinês.

O sistema Beidou já está sendo implementado para a China e países vizinhos, e a expectativa é que se torne disponível no mundo inteiro até 2020. Quando estiver pronto, ele deve oferecer informações de posicionamento com precisão de até um metro, ou até menos com o uso de um sistema de suporte instalado no solo.

O GPS, por sua vez, oferece precisão de três a cinco metros, que pode chegar a alguns centímetros com apoio outros sistemas. Isso faz com que a tecnologia chinesa seja mais precisa do que a usada atualmente em sistemas de navegação de carros, smartphones e vários outros dispositivos.

Para criar o sistema de posicionamento, a China está lançando uma constelação de satélites no espaço - 18 foram disparados neste ano, sendo três em novembro. Atualmente, mais de 40 satélites compõe o sistema, e a China planeja enviar mais 11 ao espaço até 2020.

A China começou a desenvolver o sistema Beidu durante os anos 90, e analistas estimam que, até 2020, o país vai ter gasto ao menos US$ 9 bilhões para colocá-lo em operação, segundo a Bloomberg.

Quando estiver pronto, o sistema vai ter outro desafio caso queira de fato desbancar o GPS: a indústria vai precisar adotá-lo, o que significa que fabricantes de semicondutores e carros elétricos, por exemplo, modifiquem seus produtos para se conectarem ao Beidou.

Considerando a importância da China para a economia global, não é difícil imaginar que empresas passem a considerar o Beidou na hora de desenvolver produtos. Entre companhias que já declararam apoio ao sistema estão a chinesa Huawei, a coreana Samsung e a fabricante de processadores Qualcomm.

Nome

Destaque,2,ESPERANDO,1,Fotos e eventos,163,Geral,3016,PAPO DE ESQUINA,6,Política,1328,Regional,2019,Rosário Oeste,1850,Variedades,2678,Videos,789,
ltr
item
Biorosario Notícias: Como a China quer substituir o GPS por um sistema próprio
Como a China quer substituir o GPS por um sistema próprio
https://lh3.googleusercontent.com/-ZzXqNe_pTCk/W_2besTyUhI/AAAAAAAB7Dw/wcVl6hRBLL0aT27OKg_9Ml7wwrhWNPxIwCHMYCw/20181127114135_660_420_thumb%255B1%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-ZzXqNe_pTCk/W_2besTyUhI/AAAAAAAB7Dw/wcVl6hRBLL0aT27OKg_9Ml7wwrhWNPxIwCHMYCw/s72-c/20181127114135_660_420_thumb%255B1%255D?imgmax=800
Biorosario Notícias
https://www.biorosario.com.br/2018/11/como-china-quer-substituir-o-gps-por-um.html
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/2018/11/como-china-quer-substituir-o-gps-por-um.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Carregando posts Nenhum post foi encontrado Ver todos Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por Inicio PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy