Presidente da AL decidirá se deputados votarão afastamento de Taques do Governo

FOLHA MAX Caso Eduardo Botelho acate parecer, são necessários votos de 16 parlamentares para afastar tucano A Procuradoria Geral da Assemble...

5cbaa9d60e564a023ddbc5c4bea228d3

FOLHA MAX

Caso Eduardo Botelho acate parecer, são necessários votos de 16 parlamentares para afastar tucano

A Procuradoria Geral da Assembleia Legislativa emitiu parecer autorizando o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), a submeter ao plenário do parlamento sobre a admissibilidade da denúncia protocolada pela deputada estadual Janaína Riva (MDB) contra o governador Pedro Taques (PSDB) por crime de responsabilidade. A decisão final, porém, cabe ao próprio presidente da Assembleia.

Caso seja acatada, o tucano pode até ser afastado do mandato até que seja analisada a denúncia. Para isso, é necessário que 2/3 do plenário, ou seja 16 parlamentares, vote pela procedência da denúncia.

“Respeitado o atendimento da condicionante acima, que o Excelentíssimo Presidente deste Poder Legislativo proceda ao juízo de admissibilidade, consoante fundamentos retro-elencados, pelo prosseguimento, ou não, da denúncia apresentada, inserindo-se essa inaugural deliberação dentro das suas competências exclusivas, nos termos do art. 77 da Lei n. 1.079/50 e ADPF 378/STF”, diz trecho do parecer.

A denúncia tem como base a delação premiada do empresário Alan Malouf, que revelou um amplo esquema de “caixa 2” na campanha de Taques em 2014. A representação cita pelo menos 10 crimes que teriam sido cometidos pelo governador.

Entre os fatos elencados estão, além do caixa 2 de campanha, o desvio de recursos na Secretaria de Educação, investigados na “Operação Rêmora”, fraudes em contratos para gerenciamento de combustíveis e ainda manutenção de esquema de propina na gestão dos empréstimos consignados no Estado. Todos estes esquemas, segundo o governador, teriam conhecimento do governador.

Responsável pelo pedido de afastamento, a deputada Janaína Riva pontuou que a Assembleia Legislativa não pode se omitir em relação as graves denúncias contra o tucano. Ela lembrou, inclusive, que nesta semana o Ministério Público Federal levou ao conhecimento da Assembleia uma outra denúncia contra o tucano por prejuízos de R$ 203 milhões aos cofres públicos.

“O não afastamento de Pedro Taques do cargo, mesmo em final de mandato, significa sermos coniventes com a continuidade desses crimes que já têm reflexos irreparáveis, como no caso da saúde e educação. Acredito que os deputados terão o bom senso de votar pelo afastamento”, diz a deputada.

O deputado Eduardo Botelho deve se manifestar sobre o caso apenas na próxima semana.

Confira abaixo o parecer da Procuradoria:

Ante o exposto, com supedâneo nas razões elencadas neste parecer, OPINO:

1. a) que se conceda o prazo de 2 (dois) dias corridos para que a autora do pedido providencie certidão emitida pela Justiça Eleitoral, atestando o pleno gozo dos direitos políticos;

2. b) respeitado o atendimento da condicionante acima, que o Excelentíssimo Presidente deste Poder Legislativo proceda ao juízo de admissibilidade, consoante fundamentos retro-elencados, pelo prosseguimento, ou não, da denúncia apresentada, inserindo-se essa inaugural deliberação dentro das suas competências exclusivas, nos termos do art. 77 da Lei n. 1.079/50 e ADPF 378/STF;

3. c) decidindo-se pelo prosseguimento, que se observe o rito traçado no Anexo 1 do presente parecer;

Página44

1. d) verificando, ainda, a necessidade de afastamento cautelar do Excelentíssimo Governador do Estado, após aceita em juízo de admissibilidade à denúncia que imputa crime de responsabilidade pelo Presidente deste Poder Legislativo, imperioso: a) o voto favorável de 2/3 dos membros, em plenário da ALMT; e, b) razões fundamentadas pelas quais deverá ser afastado seguindo as normas jurídicas expostas no tópico acima;

É o parecer, Excelentíssimo Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, o qual submeto à Vossa apreciação.

Nome

Destaque,2,ESPERANDO,1,Fotos e eventos,153,Geral,2880,PAPO DE ESQUINA,6,Política,1254,Regional,1930,Rosário Oeste,1814,Variedades,2581,Videos,734,
ltr
item
Biorosario Notícias: Presidente da AL decidirá se deputados votarão afastamento de Taques do Governo
Presidente da AL decidirá se deputados votarão afastamento de Taques do Governo
https://lh3.googleusercontent.com/-xWYHbc7lj_I/W9rYWpi-ZzI/AAAAAAAB4Pc/4saz3T4EInkEiJlNaCDSvEnnG_sjRNxnQCHMYCw/5cbaa9d60e564a023ddbc5c4bea228d3_thumb%255B1%255D?imgmax=800
https://lh3.googleusercontent.com/-xWYHbc7lj_I/W9rYWpi-ZzI/AAAAAAAB4Pc/4saz3T4EInkEiJlNaCDSvEnnG_sjRNxnQCHMYCw/s72-c/5cbaa9d60e564a023ddbc5c4bea228d3_thumb%255B1%255D?imgmax=800
Biorosario Notícias
https://www.biorosario.com.br/2018/11/presidente-da-al-decidira-se-deputados.html
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/
https://www.biorosario.com.br/2018/11/presidente-da-al-decidira-se-deputados.html
true
7773387971014822502
UTF-8
Carregando posts Nenhum post foi encontrado Ver todos Leia Mais Responder Cancelar Excluir Por Inicio PÁGINAS POSTS Ver Todos RECOMENDADO PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO BUSCAR TODOS Não foi encontrado nenhuma correspondente à sua busca! Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy