Propaganda

Apesar de crise, Estado promove 1,1 mil praças e oficiais da PM; veja lista

Folhamax

Nesta quarta-feira (17.04), às 18hs, será realizada no pátio do Comando Geral da Polícia Militar, em Cuiabá, a celebração do Dia de Tiradentes, o patrono das policiais militares. As comemorações estão sendo antecipadas em função dos feriados da Semana Santa e porque o dia de Tiradentes será no domingo.

Além da formatura militar, com desfile de policiais das diversas unidades e de viaturas, tradicionalmente o dia 21 é uma data de anúncio de promoções. É quando o Governo do Estado, por meio do Comando Geral da Polícia Militar, divulga a lista dos militares que ascenderam na carreira.

Este ano estão sendo promovidos 1.124 policiais. Junto com o aniversário de criação em 05 de setembro, o 21 de abril é a data mais importante para a Polícia Militar mato-grossense, quando ocorrem as promoções na carreira.

Este ano, além dos policiais desfilando, da presença de autoridades e da comunidade, haverá um pequeno pelotão de meninos e meninas fardadas. São filhos de policiais que internalizaram em suas famílias o orgulho por integrar as fileiras da PMMT.

As promoções dos oficiais foram publicadas no Diário Oficial desta terça-feira. A tendência é de que nas edições dos próximos dias, o Governo publique as promoções dos praças.

Temor

No início deste ano, existia um temor da corporação de que não ocorressem as promoções - tanto na PM quanto no Corpo de Bombeiros - por conta da crise financeira que o Estado passa. Isso porque, a ascenção na carreira de militares implicará no aumento da folha de pagamento.

Em março, o chefe do Executivo suspendeu cinco promoções no Corpo de Bombeiros. Contudo, a alegação é de que os militares estavam prestes a entrar para a reserva remunerada. 

Patrono

Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes é o patrono das polícias. Seu apelido faz referência à função que ele exercia, de dentista. Ele era um militar que se tornou herói da inconfidência mineira, um movimento ocorrido nos séculos XVII e XVIII que tinha como objetivo a separação do Brasil do domínio de Portugal. Morto por enforcamento no dia 21 de abril de 1792, somente em 1890 teve seus feitos reconhecidos por bravura. 

Veja abaixo os oficiais promovidos: