Propaganda

Detran-MT realiza pente fino e investiga suspeitas de fraudes de autoescolas, uma delas de Acorizal.


Fonte: Detran-MT

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) abriu processos administrativos contra quatro autoescolas - sendo 3 de Cuiabá e uma de Acorizal (a 64 km de Cuiabá) - a fim de apurar supostas irregularidades cometidas pelas empresas de formação de condutores.

Elas são suspeitas de funcionamento irregular, inserção de dados falsos no sistema de informação do Detran, fraude no curso do processo administrativo, negligência e prática de ato contra a fé pública.

As comissões montadas para conduzirem os processos administrativos têm 60 dias para concluírem os trabalhos - prazo que pode ser prorrogado pelo mesmo período.

Caso as infrações apuradas sejam confirmadas, as autoescolas e os referidos diretores poderão sofrer penalidades que vão desde advertência por escrito até suspensão das atividades ou cassação do credenciamento.