Propaganda

Mulher é presa ao tentar entrar no presídio com dois celulares escondidos nas partes íntimas

Mulher é presa ao tentar entrar no presídio com dois celulares escondidos nas partes íntimas
Olhar Direto

Uma mulher identificada como J.S., de 32 anos, foi presa na tarde de sábado (27), ao tentar entrar com dois aparelhos celulares escondidos nas partes íntimas, na Cadeia Pública de Barra do Garças (511 Km de Cuiabá). Os agentes penitenciários desconfiaram da atitude da suspeita após ela se recusar a passar pelo detector de metais.

De acordo com a Polícia Militar, a suspeita disse que queria visitar um reeducando identificado como W.P.S, porém ao perceber que seria revistada, ela saiu correndo do local. Os agentes acionaram a PM que realizou buscas na região e conseguiu encontrar a mulher perto de uma motocicleta.

Ao ser abordada ela entrou em contradição diversas vezes sobre o motivo de ter ido até a cadeia pública. Ela foi encaminhada para a Central de Flagrantes e durante a revista, foi encontrado um fone de ouvido bluetooth com ela.

Os policiais decidiram levar a suspeita para o Pronto Socorro da cidade para ser submetida a um exame de raio X, que constatou a presença de dois aparelhos celulares escondidos dentro de sua vagina.

A mulher confessou que um dos aparelhos foi entregue a ela pela mãe de W.P.S e o outro por um homem não identificado, ambos para serem entregues ao detento. Ela foi presa e levada para a Delegacia da Polícia Judiciaria Civil, juntamente com todo o material apreendido.

A Polícia Civil investiga o caso.