Propaganda

PM prende dupla que trocou tiros com PM em pizzaria em Cuiabá


Folhamax

A Polícia Militar efetuou a prisão de dois criminosos apontados como sendo os ladrões que tentaram roubar um Toyota Corolla na frente de uma pizzaria e fugiram após trocar tiros com um policial militar. Na ocorrência, registrada na noite de sábado (27), no bairro Campo Velho, quatro pessoas foram baleadas de raspão. Os presos são Jhones Vitor Cunha Duarte dos Santos, de 22 anos (sem camisa) e Cristian Santana Benevides, que completa 19 anos nesta segunda-feira (29 de abril).

Cristian foi preso na madrugada deste domingo (28), em uma lanchonete no bairro Grande Terceiro, em Cuiabá, após uma denúncia anônima informar à PM que ele estava no estabelecimento na Avenida Beira Rio.

Jhones Vitor é apontado como o atirador. Consta no boletim de ocorrência que ele estava em posse de um revólver calibre 22 e trocou tiros com no soldado Ricardo Sales da Silva, filho do coronel da PM Leovaldo Sales, atual secretário Municipal de Ordem Pública de Cuiabá.

Cristian Benevides é apontado como o comparsa que estava junto com Jhones no dia da tentativa de assalto, mas não usava arma.

Consta no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, que Cristhian, ao ser abordado no bar e questionado sobre a tentativa de roubo e troca de tiros na noite anterior, confessou ter participado do crime, mas disse quem teria atirado contra a vítima seria seu comparsa Jhones. Ele então revelou o endereço de Jhones, uma quitinete no bairro Dom Aquino.

No local apontado, os policiais encontraram Jhones que teria ficado exaltado e por isso foi algemado.

De acordo com a PM, depois de algemado e imobilizado Jhones também confessou participação no crime e admitiu ter atirado contra o policial que reagiu. Ele alegou que escondeu revólver em uma rua do bairro Campo Velho, nas proximidades da pizzaria onde tentou roubar o carro. No entanto, a arma não foi encontrada nas buscas realizadas No local. A dupla foi levada para a Central de Flagrantes e entregue à Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Militar, Jhones dos Santos já tem passagens policiais por furto, formação de quadrilha, receptação e dano. Informou ainda que ambos os presos foram reconhecidos pela vítima, da tentativa de roubo, no caso o soldado Sales que reagiu ao assalto.

TENTATIVA DE ROUBO E TIROTEIO

Na tentativa de roubo, registrada por volta das 23h deste sábado (27), os criminosos tentaram roubar o Corolla quando o soldado Ricardo Sales saía da pizzaria em direção ao veículo. Ele sacou a arma e reagiu atirando contra os ladrões que recusaram. No confronto duas crianças e dois adultos ficaram feridos de raspão e foram levados ao Pronto-Soxorro de Cuiabá. Após atendimento e curativos nos ferimentos, todos superficiais, receberam alta médica.

Os ladrões fugiram sem levar o carro e desde então, a Polícia Militar mobilizou diversas viaturas e políciais numa "caçada" aos criminosos. Agora, caberà à Polícia Civil com auxilio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) aponta de qual as partiram os disparos que atingiram as vítimas.