Propaganda

Trio de menores mata rival a machadadas em MT

FolhaMax

Cerca de 24 horas após um homicídio qualificado praticado no município de Canarana (823 km a Leste), o crime foi elucidado pela Polícia Judiciária Civil com motivação definida, bem como os autores, sendo três adolescentes, apreendidos e autuados em flagrante na segunda-feira (01.03). S.C.C, 15 anos, N.N.C.M., 16 anos, e T.M.S., 17. anos, todos com atos infracionais anteriores, responderam ato infracional análogos a homicídio qualificado e associação criminosa.

Após a confecção dos autos, a Polícia Civil representou pelo pedido de internação dos menores envolvidos. O crime aconteceu na noite do dia 30 de abril, de sábado para domingo, em uma região de área verde.

A vítima, Leomar Alves Costa, 31, é natural do Estado de São Luiz do Maranhão e estava na cidade de Canarana prestando serviço na construção das casas do Grupo Eker. Conforme apurado nas investigações, o ato infracional cometido pelos três menores foi motivado por um desentendimento, por conta dos envolvidos pertenceram a facções criminosas diferentes.

A vítima dizia que pertencia a um grupo criminoso oriundo do Estado do Maranhão e os autores integrarem outra associação rival. Razão a qual, articulados, os menores forneceram certa quantia de droga a vítima e caminharam com ela até determinado ponto, onde de forma traiçoeira a mataram.

O trio golpeou Leomar usando facas e uma machadinha, que foi a óbito no local. Durante diligências ininterruptas para prender os autores, os policiais civis conseguiram identificar os três menores, que acabaram localizados e apreendidos em flagrante delito.

De acordo com o delegado Deuel Paixão de Santana, o êxito da ação só foi possível pelo rápido e imediato empenho da equipe de policiais civis de Canarana, que mesmo em horário de folga, saíram em diligências e comprometidos visando buscar testemunhas, apurar e esclarecer os fatos. “A Polícia Civil de Canarana está concluindo os procedimentos e será representado pelo mandado de internação dos adolescentes, os quais têm habitualidade de passar pela delegacia por cometerem atos infracionais”, esclareceu o delegado Deuel Paixão.

OUTRA PRISÃO

Um homem residente em Canarana e com várias passagens na polícia por furto foi preso em ação da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, no município de Água Boa, pelo mesmo crime.

O suspeito passando pela região de Água Boa subtraiu uma motocicleta, por meio de uma ligação direta no veículo, e depois abandonou a moto. No entanto, foi preso logo em seguida.

Levado à Delegacia de Polícia de Água boa, o conduzido foi interrogado pelo delegado plantonista Deuel Paixão de Santana, e autuado em flagrante delito por furto e colocado à disposição da Justiça.