Propaganda

Delegado diz que existem indícios do paradeiro de suspeitos de tentativa de roubo a carro-forte

Delegado diz que existem indícios do paradeiro de suspeitos de tentativa de roubo a carro-forte
Olhar Direto

O coordenador da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, delegado Flávio Stringueta, disse que já há indícios sobre o paradeiro dos dois suspeitos que fugiram após a tentativa de assalto a um carro-forte no supermercado Atacadão nesta sexta-feira (10), em Cuiabá. Dos cinco assaltantes, apenas os dois fugitivos sobreviveram.

O grupo criminoso vinha sendo monitorado por uma força-tarefa composta pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), além da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap) e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Seop/MJSP).

Segundo a Polícia Civil, os bandidos planejavam roubar os malotes de abastecimento aos caixas, procedimento executado pela empresa de transporte de valores Brinks. Na ação três assaltantes morreram e dois conseguiram fugir. O delegado Flávio Stringueta afirmou que já há indícios sobre o paradeiro deles.

“Há indícios do paradeiro deles, mas ainda estamos fazendo confirmações. Como eles já vinham sendo investigados pela Derf já temos um bom caminho andado, mas todos os envolvidos ainda não foram identificados”, disse o delegado.

Ao Olhar Direto o delegado afirmou que há suspeita de que os cinco seriam integrantes de uma quadrilha composta por dez membros, com possível ligação com uma facção criminosa. Ele disse que já há a certeza de que o bando atuava em roubos a joalherias.

O crime

Três homens morreram e dois fugiram em uma tentativa de assalto a um carro-forte no Atacadão do bairro Tijucal, em Cuiabá, na tarde desta sexta-feira (10). Nenhum cliente ou funcionário do supermercado se feriu durante a ação. Os bandidos mortos durante o confronto com as forças de segurança foram identificados como Luciaquino Quirino Serra de Paula, 37 anos, Fábio Aparecido da Costa, 26 anos, e Dauan Félix da Silva (idade não divulgada pela Polícia Civil).