Plantão

Justiça autoriza progressão de regime e Silval Barbosa deixa prisão domiciliar

Justiça autoriza progressão de regime e Silval Barbosa deixa prisão domiciliar
Olhar Direto

O juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, concedeu nesta quarta-feira (15) progressão de regime ao ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa. O político está autorizado a deixar a prisão domiciliar e cumprir pena em regime semiaberto diferenciado.

Conforme informações repassadas por Fidelis ao Olhar Jurídico, os termos da progressão de regime constam na delação premiada firmada pelo ex-governador no Supremo Tribunal Federal (STF). 

Os advogados Valber Melo e Filipe Broeto foram os responsáveis pelo pedido de progressão de regime. Eles salientavam que o reeducando estava apto ao semiaberto desde o mês de março.

Silval Barbosa cumprirá dois anos e seis meses no regime semiaberto diferenciado. Ele será monitorado por tornozeleira eletrônica, devendo se recolher das 22h às 6h durante os dias de semana, finais de semana e feriados. Audiência para comunicar a progressão de regime já está marcada para a próxima terça-feira (21).

Membro do Ministério Público (MPE), o promotor de Justiça Mauro Poderoso de Souza havia formulado parecer favorável ao pedido de progressão de regime do ex-governador.

Barbosa deixou o Centro de Custódia de Cuiabá após quase dois anos de prisão preventiva em consequência da Operação Sodoma, em junho de 2017 e desde então cumpria detenção domiciliar.

Ele firmou acordo de delação premiada e se comprometeu a devolver R$ 70 milhões ao erário.