Propaganda

Homem acusado de assassinar motorista a tiros se entrega à polícia

Fonte: Repórter MT

Rubens Lopes Ferreira, vulgo “Rubinho Chapeiro”, acusado de matar o caminhoneiro Dayvid Paulino de Moraes, de 37 anos, no pátio de uma madeireira, do município Juína (757 km da Capital), em outubro passado, se entregou à Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (04).

Rubens se apresentou na delegacia da cidade, onde ficou detido por força de mandado de prisão por homicídio.

Dayvid estava em Juína para buscar uma carga de madeira, quando a empresa contratou “chapas”, entre eles Rubinho, para fazer o carregamento do veículo.

Em determinado momento, o motorista teria se desentendido com o chapa que, segundo testemunhas, estava bêbado. A vítima teria mandado o acusado descer da carroceria e, em seguida, dispensou os serviços dele. 

Revoltado com a dispensa, Rubinho ameaçou Dayvid antes de deixar o local. Logo depois voltou armado e disparou diversas vezes contra o caminhoneiro, que estava na boleia. O motorista ainda teve forças para descer do veículo e correr, mas caiu poucos metros à frente. O criminoso fugiu numa motocicleta Yamaha Factor vermelha. 

A vítima chegou a ser socorrida por populares e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com perfurações na barriga, nas costas e em um dos braços, mas não resistiu aos ferimentos e morreu cerca de 3 horas depois no centro cirúrgico.

Veja mais aqui.