Header Ads

Carro da Semob é apedrejado em bairro de Cuiabá e vídeo mostra perseguição e atropelamento

Carro da Semob é apedrejado em bairro de Cuiabá e vídeo mostra perseguição e atropelamento
Olhar Direto

Após tentar abordar um mototaxista, que não teve seu nome divulgado, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) tiveram o veículo oficial apedrejado por populares no bairro Altos da Serra, na manhã desta terça-feira (3). Inicialmente a versão apresentada era a de que o mototaxista tentou fugir do local ao ser abordado pelos agentes, mas perdeu o controle da moto, caiu e teve ferimentos leves. No entanto,vídeo divulgado pouco tempo depois mostra que os agentes perseguiram e atropelaram o mototaxista. Na sequência, o carro oficial da Prefeitura de Cuiabá foi apedrejado.

De acordo com a Semob, os agentes já tinham ciência de que o mototaxista havia sido autuado outra vez. Ele não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou licença para atuar na área. Por este motivo, solicitaram sua parada para realizar a abordagem. 

A vítima sofreu escoriações leves e não corre risco, segundo nota da Semob.

Após o atropelamento, o parabrisas ficou totalmente destruído. Nenhum dos agentes ficou ferido.

Leia a nota da Semob na íntegra:

A respeito do ataque a uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), a Pasta informa que: 

- Os agentes faziam uma ação rotineira de fiscalização do transporte coletivo no bairro Altos da Serra. 

-Também cabe aos profissionais a fiscalização de veículos de transporte privado, como táxis e moto-táxis. Assim, ao avistarem o envolvido, que já havia sido autuado anteriormente, solicitaram sua parada.

- Diante da solicitação o moto-taxista fugiu do local, perdendo o controle da direção e caindo logo em seguida. 

- O homem recebeu os primeiros atendimentos dos agentes, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A vítima sofreu escoriações leves e não corre risco. 

- No local, populares atacaram a viatura com pedras e tijolos, causando danos ao veículo. 

- Por este motivo, um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil.

- Há que se destacar ainda que o moto-taxista não possui CNH e nem licença para atuar. Razões pelas quais teve sua moto apreendida.

- A Semob reforça que os profissionais não têm atribuições de Polícia e que irá apurar se houve irregularidades na ação. Se contatadas, todas as medidas cabíveis serão tomadas.

*Atualizada 04/12 - Ao contrário do que havia sido inicialmente informado, um vídeo divulgado horas após a veiculação de reportagens da mídia apontam que os agentes perseguem e atropelam o rapaz. Na manhã de hoje o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, afirmou que os agentes serão responsabilizados e disse que irá oferecer um emprego ao mototaxista, especificamente, na Secretaria de Mobilidade Urbana.

Tecnologia do Blogger.