Plantão

"Eu quero encontrá-lo, saber se posso ajudar", diz empresário que impediu homem de pular do Portão do Inferno

Olhar Direto

O motociclista que impediu um homem de pular do complexo turístico do Portão do Inferno, na MT-251, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães (a 60 quilômetros de Cuiabá), foi identificado como Thúlio Prates, de 25 anos. Em entrevista ao Olhar Direto, ele contou que quer descobrir a identidade e localização do rapaz que salvou a vida, para ajudá-lo. O episódio aconteceu na manhã do sábado (18), mas viralizou na manhã de domingo (19). 

"Eu pensei ​'não é possível que esse cara vai se jogar'. Pensei que ele iia fazer o contorno, ia parar, mas quando percebi que ele colocou o pé na mureta, eu parei", disse. "Eu quero encontrar com ele, não sei quem ele é, li todas as reportagens e nenhuma identificou ele até agora. Quero saber se de alguma forma eu posso ajudar", acrescentou. 

O empresário relatou que voltava de Chapada dos Guimarães para Cuiabá, onde mora, quando percebeu a situação. Quando realizou o salvamento, percebeu que o rapaz só chorava. Um motorista que passava pela avenida flagrou o momento que uma mulher também aparece para ajudar. Conforme Thúlio, o rapaz foi deixado aos cuidados dela. Ele declarou que tomou conhecimento do vídeo na madrugada de hoje, por meio de um amigo. 

Nas imagens, o motorista de um Corsa Classic 'fecha' um motoqueiro na rodovia. Assustado, ele desce do carro e segue em direção do abismo. Quando sobe no parapeito, o motoqueiro o puxa rapidamente e o deita no chão. O rapaz é contido e logo aparece uma mulher para ajudar.