Header Ads

Homem que tomou moto à força não tem CNH e teve passagem por receptação e crime com arma falsa

Homem que tomou moto à força não tem CNH e teve passagem por receptação e crime com arma falsa
Olhar Direto

O homem identificado como M.H., que pegou à força sua motocicleta apreendida, em cima de um caminhão guincho da empresa Rodando Legal, não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele também possui passagens criminais, sendo duas por receptação e uma por utilizar arma de brinquedo para o fim de cometer crimes. A confusão ocorreu na tarde de terça-feira (14), na avenida 13 de junho, região central de Cuiabá. 

O delegado Christian Cabral, titular da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), disse ao Olhar Direto, que M.H. também deve responder pelos crimes de lesão corporal e resistência qualificada.

Ele também tem acidente de trânsito no histórico e esta não foi a primeira vez que acabou penalizado por parar em local proibído. Em janeiro de 2019, M.H teria se envolvido em um acidente de moto e em dezembro do mesmo ano, ele teve um veículo removido por estacionar de maneira irregular.

Na época, o suspeito não teve condições financeiras para pagar as taxas e o veículo foi encaminhado para o leilão do Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT).

Após ser ouvido nesta quarta-feira (15), o rapaz disse que trabalha durante o dia em uma oficina de motos e à noite em uma pizzaria, onde faz entregas. Ele também relatou que adquiriu seu veículo com verbas trabalhistas. 

A previsão é que ao longo da semana os agentes de trânsito que atuaram na ocorrência e os funcionários do guincho sejam ouvidos. Ainda conforme Christian, as pessoas que auxiliaram na agressão aos funcionários serão identificadas e podem responder criminalmente pelo ocorrido.

Um responsável por incitar as agressões foi identificado pela Polícia Militar e levado para prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia, horas depois do ocorrido. A.L.A.M. trabalha em uma loja na mesma região. Ele teria sido reconhecido por duas testemunhas. 


A confusão

Um motociclista subiu no guincho e removeu à força sua motocicleta apreendida pela Semob,, na avenida 13 de Junho, região central de Cuiabá, na tarde de terça-feira (14). A Pasta registrou um boletim de ocorrência e informou que os envolvidos devem responder pelos crimes de vandalismo e agressão.

Os gentes de trânsito teriam apreendido a motocicleta de um homem. Inconformado, ele subiu no guincho e com ajuda de outras pessoas, removeu sua motocicleta. A ação foi acompanhada por diversas pessoas que estavam no local. 

Procurada, a Semob informou que os agentes de trânsito e o funcionário da empresa responsável pelo guincho atuaram em conformidade com as suas funções e com suas atribuições legais.

Conforme posicionamento emitido por meio de nota, as motocicletas removidas estavam estacionadas sobre a calçada, infração considerada grave. A irregularidade estaria impedindo o fluxo de pedestres pelas calçadas.

As imagens feitas por testemunhas serão repassadas às autoridades e o crime será investigado pela Polícia Civil.

Tecnologia do Blogger.