Propaganda

Assassino de Fisiculturista se apresentou na Delegacia e vai responder em liberdade.


Nicolas Locatelli, suspeito de matar o fisiculturista Marcos Vinícius Pires Pereira de Camargo, 22 anos, confessou, em depoimento na Delegacia de Polícia Civil de Rosário Oeste (128 km da Capital), na tarde desta segunda-feira (10), ser o autor dos tiros que matou Marcos Vinícius Pires Pereira de Camargo, 22 anos, na madrugada de domingo (09) dentro de uma casa noturna no município.

Ele compareceu à unidade policial na companhia de seu advogado e foi ouvido pelo delegado Henrique Trevizan.

No depoimento, Nicolas explicou que no passado os dois tiveram um relacionamento amoroso com uma mesma mulher e que desde então criaram uma rixa e, constantemente, existiam provocações entre eles.

No dia do crime, o acusado relatou que pegou uma arma, supostamente do pai, e foi até ao estabelecimento, já no intuito de encontrar Marcos Vinícius. Ao chegar no local, encontrou a vítima, atirou sete vezes contra ela, pelas costas, e fugiu.

O assassino foi identificado por testemunhas foragindo em um Toyota Corolla, já que mora e é conhecido na região.

Nicolas foi ouvido e liberado, já que não pode ser mantido preso preventivamente, pois, se apresentou espontaneamente na delegacia para prestar depoimento e o caso já ter saído do período do flagrante.

O crime

O fisiculturista Marcos Camargo, 22 anos, foi assassinado com sete tiros na madrugada desse domingo (09), na região central de Rosário Oeste.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu no 'Music Bar', na Avenida Arthur Borges. Um homem, não identificado, se aproximou, efetuou sete tiros contra a vítima e fugiu.

O jovem não resistiu e morreu no local.

Uma mulher também foi atingida por uma bala perdida, que acertou seu ombro. Ela foi socorrida e encaminhada para o hospital.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

FONTE: MÁRIO ANDREAZZA - DO REPÓRTER MT