Plantão

Mato Grosso registra primeiro caso suspeito de coronavírus

Fonte: hnt


Mato Grosso registrou o primeiro caso suspeito coronavírus, na quinta-feira (6). Trata-se de uma mulher de 34 anos, identificada como K.C. Ela está internada e isolada no Hospital Regional de Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá).

A informação foi confirmada pela secretaria municipal de Saúde da cidade. De acordo com informações, a mulher começou a se sentir mal na noite de quinta-feira, após voltar de uma viagem da Ásia. O país que a paciente estava, no entanto não foi informado.

Diante da suspeita, uma equipe do Serviço de Atendimento Médico Legal (Samu), devidamente preparada, foi ao local e encaminhou a mulher ao Hospital Regional para dar início ao tratamento. Ela deverá ficar em quarentena.

No fim de janeiro, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou no dia 30, uma reunião com profissionais das secretarias municipais de Cuiabá e Várzea Grande.

Desde que os primeiros casos do novo vírus foram registrados na cidade chinesa de Wuhan, a população ficou apreensiva com a sua rápida propagação.

No Brasil, o Ministério da Saúde tem produzido boletins epidemiológicos e atualização diariamente o número de casos suspeitos. Além de Mato Grosso, conforme o último boletim, divulgado no último domingo (2), 16 casos estão sob suspeita no Brasil, em Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Ceará e Rio Grande do Sul.

Aeroporto

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está orientando todos os Portos e Aeroportos do país com, por exemplo, áudios sobre medidas protetivas contra o vírus. 

Durante a semana, foi feita uma reunião com a equipe da SES e representantes da Anvisa de Mato Grosso para fortalecer ainda mais os ajustes, protocolos e quais medidas devem ser adotadas com os viajantes de conexões internacionais que tenham como destino final o desembarque em Mato Grosso.

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, às 12h, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica.