Header Ads

Servidora da AL chama namorada de ex de "macaca e encardida" em Cuiabá



Uma funcionária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) é suspeita de praticar injúria e racismo contra a namorada do seu ex após chamá-la de “macaca de salão e encardida”. O caso foi denunciado à polícia.

Segundo a denúncia, a servidora teria proferido os xingamentos várias vezes por meio de texto e áudio. Numa das conversas ela identificou a vítima, como “macaca de salão e encardida”.

As mensagens enviadas via WhatsApp foram anexadas na denúncia como provas do crime. 

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: folhamax
Tecnologia do Blogger.