Plantão

Alunos de Cuiabá têm aulas virtuais



A partir desta segunda-feira (23 de março) até o dia 5 de abril, os cerca de 54 mil alunos da rede pública de Educação de Cuiabá estão dispensados das atividades presenciais nas 164 unidades do Município. A medida de prevenção contra o coronavírus cumpre as determinações do Decreto Municipal 7.839/2020. A medida vale para os alunos na faixa etária de zero a cinco anos, que estão dispensados de qualquer atividade e também para os alunos do Ensino Fundamental (1° ao 9º Ano) e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que irão receber as atividades educacionais na forma virtual (EAD).

O secretário Municipal de Educação, Alex Vieira Passos reafirmou a importância das medidas de prevenção. “Além de serem necessárias para evitar o contágio do COVID19, não podemos esquecer a necessidade de mantermos o elo com a comunidade escolar, evitando o isolamento social dos nossos alunos e reforçando o processo ensino e aprendizagem”, disse o secretário.

A secretária adjunta de Educação, Edilene Machado disse que a SME está orientando e enviando sugestões às equipes gestoras e professores, sobre os procedimentos, estratégias e atividades que poderão ser adotados, de forma a garantir a continuidade do processo de ensino e aprendizagem para atender os estudantes matriculados no Ensino Fundamental e na Educação de Jovens e Adultos. “As equipes gestoras das unidades educacionais informaram os pais sobre os procedimentos relacionados às aulas EAD, para que estejam preparados e repassem as atividades para seus filhos, uma vez que um dos recursos a serem utilizados será por meio do aplicativo de whatsApp. É importante destacar que a Secretaria está encaminhado orientações e sugestões, porém cada unidade pode criar a estratégia que melhor atender a comunidade”, destacou Edilene Machado.

Nos grupos de whatsApp, as atividades serão enviadas e monitorados pelos coordenadores escolares e também pelos assessores da Diretoria de Ensino. O professor desenvolverá esse processo na sua casa, evitando exposição e/ou aglomeração e enviará as atividades para os grupos que poderão ser realizadas por meio dos livros didáticos, dos diversos componentes curriculares, programas e projetos, e ainda atividades de leitura, desenho, e de interpretação de textos.

Diariamente o professor manterá contato com os alunos, posicionando as atividades do dia e se colocando à disposição para tirar dúvidas, pela manhã e à tarde, às 9 horas e às 14 horas, respectivamente, por meio de vídeos. Os alunos que não têm acesso à internet em casa vão receber sms com as atividades em PDF.

Para o período de 23 a 27 de março, as atividades foram entregues aos alunos, impressas. Para auxiliar os professores no desenvolvimento das atividades estão sendo montados 2.000 grupos de whtsApp, com um professor e seus 30 alunos.

"Com essa iniciativa estamos dando continuidade às atividades pedagógicas na rede pública municipal de Educação garantindo o bem estar dos nossos alunos e suas familias sem deixar de atender às necessidades pedagógicas. Neste momento, o importante é que todos tenhamos a consciência e a responsabilidade sobre o quando é importante que cuidemos uns dos outros, de que fiquemos em nossas casas para que possamos diminuir a velocidade de contagio do coronavírus", destacou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Fonte: folhamax