Plantão

BURLANDO ALARME: Rapaz é preso com 50 cuecas roubadas em loja de shopping

vitinho .jpg
Mais de 50 peças de vestuário furtadas de uma loja de departamento, em Cuiabá, foram recuperadas pela Polícia Civil no final da manhã desta sexta-feira (06.03), durante investigação de combate ao tráfico de drogas.

Na ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), um suspeito de 32 anos foi preso em flagrante pelo crime de receptação. Em sua residência no bairro Alvorada, na Capital, foram apreendidas 50 cuecas e cinco calças jeans novas.

Os policiais civis realizavam diligências para apurar um possível local usado para armazenamento de substâncias ilícitas entre outros produtos provenientes de crimes de roubo e furto, quando identificaram um imóvel suspeito.

Com base nos indícios, a equipe da DRE se descolou até o endereço levantado, onde foram recebidos pelo morador. Na sala da casa foi encontrada uma sacola grande contendo vários itens de roupas com etiquetas.

Durante conversa, o rapaz não soube informar a procedência das peças e demonstrou nervosismo sobre os fatos perguntados. Ele autorizou a entrada os policiais no local, alegando que uma pessoa havia deixado a sacola, mas não sabia informar quem era.

Em seguida foi constatado dentro da sacola, diversas cuecas e calça jeans, produtos de um furto cometido a uma loja de departamento instalada em um shopping na Capital.

Diante dos fatos, o suspeito e os objetos foram levados para a DRE. Em depoimento, o rapaz confessou que estava guardando as peças para um amigo, assumindo ainda ter feito praticado esse tipo de furto por várias vezes.

Conforme o delegado da DRE, Vitor Hugo Bruzulato, a modalidade criminosa chamou a atenção por ser incomum. Segundo relato, os suspeitos entram no estabelecimento comercial carregando uma sacola com uma grande caixa, simulando ter acabado de adquirir tal produto.

“Porém, a caixa de papelão está revestida por dentro com papel-alumínio. Então os criminosos vão nas araras de roupas, jogam as peças escolhidas dentro desta caixa totalmente preparada, impedindo que na saída o alarme detecte os produtos e não apite”, disse Vitor Hugo Bruzulato.

“É muito importante que os lojistas se atentem para essa nova forma de prática criminosa”, alerta o delegado.

Após interrogatório, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Foi arbitrada a fiança no valor de R$ 5 mil, para que o conduzido possa responder ao inquérito policial em liberdade.

Folhamax