Plantão

Coronavírus: Anatel reúne empresas de internet para avaliar impactos no serviço



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) convocou as empresas de internet e streaming - como Facebook, Netflix e Google - para uma reunião extraordinária de avaliação nesta terça-feira (24). Agora, essas empresas também farão parte do grupo de Gestão de Riscos e Acompanhamento do Desempenho das Redes de Telecomunicações. A Anatel decidiu aumentar o número de participantes do grupo no dia 20 de março, quando enviou ofícios a todas as companhias.

A pauta da reunião será sobre o consumo de conteúdo por esses meios durante o isolamento domiciliar. A Anatel quer um balanço dessas mudanças em decorrência da pandemia de coronavírus. A agência também pede para que as entidades avaliem eventuais impactos e riscos percebidos nas redes de telecomunicações para prevenir a degradação do desempenho do serviço.

Além das empresas de OTT, a reunião online contará também com a presença da Abrint (operadoras regionais de banda larga), do Sinditelebrasil (operadoras), da Associação Neo (operadores de TV paga e ISPs), do nic.br (núcleo de coordenação do PontoBr), da Abramulti (regional de provedores de internet) e da Brasscom (empresas de software e fabricantes de computadores).

Redução da qualidade de vídeo

Recentemente, a União Europeia sugeriu às empresas de streaming a redução da qualidade de transmissão de seus vídeos, a fim de não sobrecarregar a internet. No Brasil, as empresas estão seguindo o mesmo caminho. A Globo, por exemplo, anunciou neste sábado (21) que seu serviço de streaming Globoplay passará a ter uma limitação na entrega de dados. A empresa afirmou durante a programação que "está agindo para reduzir a pressão sobre os equipamentos das operadoras e sobre os chamados pontos de troca de tráfego".

Fonte: olhardigital