Plantão

Cuiabano denuncia à polícia que foi enfeitiçado por ‘vizinha bruxa’ para não conseguir casar



Um caso policial inusitado acontece há anos na Capital. Um idoso cuiabano, identificado apenas como Pedro, comparece diariamente, há pelo menos 3 anos, ao Núcleo de Atendimento à Pessoa Idosa da 2ª Delegacia da Polícia Civil, na Avenida Dante Martins de Oliveira, no bairro Planalto, para entregar cartas, onde denuncia a vizinha, identificada com inicial A., por uma séria de crimes, entre eles, feitiçaria e bruxaria.

Pedro, que é morador do bairro Alvorada, se diz vítima da vizinha, a qual acusa de ter feito magia contra ele e, por isso, está há anos sozinho, sem conseguir uma companheira.

De acordo com o delegado Vitor Chab, as denúncias já foram investigadas, inclusive com buscas na casa da acusada, porém, nunca foram encontrado nada de ilícito ou pelo menos, vestígios que indiquem procedência de alguma das diversas acusações feitas contra a mulher.

De tal forma, em todo esse tempo nenhum boletim de ocorrência foi registrado, já que até então, nenhuma das cartas teve fundamento prático comprovado.

Pedro, que é deficiente auditivo, continua na sua saga levando as cartas à delegacia, porém, após todo o trabalho empregado pelos policiais acredita-se que tudo não passe de fantasia da cabeça do idoso. Que é recebido com respeito na unidade policial.

Fonte: reportermt