Plantão

Homem que atacou casal com marreta é encontrado morto em cela de delegacia

Antônio Fernandes, de 60 anos, que alegou ter sofrido uma emboscada de uma garota de programa e um comparsa, foi encontrado morto na cela da Delegacia de Campo Novo do Parecis (a 391 quilômetros de Cuiabá), na quinta-feira (5). Ele acabou preso porque estava com um mandado de prisão em aberto. O corpo foi encaminhado para realização de perícia. O caso é tratado como suicídio.

Segundo informações do boletim de ocorrência, toda a confusão teria ocorrido em um motel. Antônio havia contratado os serviços de uma garota de programa, quando teria sido surpreendido por outro homem que o aguardava para matá-lo. Antônio relatou que o suspeito estaria com uma faca em mãos. Na ocasião, a prostituta ainda teria dito que "sua hora havia chegado".

A mulher teria tentado segurar Antônio, mas teria levado alguns socos no rosto. Antônio então teria pego uma marreta, de um local não informado, e agredido o casal. Na sequência, teria pulado o muro do motel e fugido.

Acionada, a Polícia Militar teria localizado o suspeito arranhado e sem camisa na rua Anita Garibaldi. A mulher teve que ser socorrida. Ela apresentava vários ferimentos no rosto e muito sangramento. Por conta do quadro de saúde que é considerado grave, ela teve que ser encaminhada para Cuiabá.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Olhar Direto