Plantão

Ladrões usam mulher como escudo e um acaba morto pela PM em MT



Um bandido foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar durante um assalto no bairro José Sobrinho, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá). O outro comparsa fugiu do local após usar uma comerciante como escudo humano, na madrugada desta quinta-feira (26).

Segundo a PM, os moradores da região perceberam a movimentação na casa da vítima quando acionaram uma equipe da polícia. Após a chegada de uma guarnição, um dos criminosos usou um comerciante para se proteger dos tiros e apontou a arma para a sua cabeça.

Em seguida, ele largou a vítima e correu para os fundos da residência. O restante do grupo que permaneceu na casa se negou a sair caso a PM agisse.

Do lado de fora da casa, um dos ladrões disparou contra um policial e foi baleado em seguida. O criminoso foi encaminhado para o Hospital Regional, mas não resistiu.

Os policiais não foram atingidos durante o tiroteio. Um terceiro comparsa havia pulado o muro da residência para fugir, porém foi localizado.

Ao tentar sacar a arma, a PM disparou, mas ele não foi atingido e se entregou. De repente, ele largou a refém e correu para os fundos da casa.

A mulher saiu em segurança e disse que dentro da casa havia mais bandidos.

Os bandidos se negaram a sair da casa se os militares entraram. No corredor externo do imóvel, um ladrão atirou contra os policiais e foi baleado.

Nenhum militar se feriu. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o ladrão ao Hospital Regional, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Durante o depoimento da família, o grupo afirmou que eles tinham dinheiro por causa de um comércio da mulher. A PM recuperou dois revólveres e cerca de R$ 1,4 mil.

Fonte: folhamax