Propaganda

Canadá multa Facebook por alegações falsas sobre privacidade de dados



O Bureau de Concorrência do Canadá anunciou uma multa de US$ 6,5 milhões, cerca de R$ 37 milhões, ao Facebook. A penaliszação está relacionada à forma com que a rede social lidou com informações pessoais de usuários entre agosto de 2012 e junho de 2018. Segundo a instituição governamental, o Facebook “fez alegações falsas ou enganosas sobre a privacidade das informações pessoais dos canadenses” e compartilhou indevidamente dados com terceiros.

O órgão informou ainda que a rede social deu a impressão de que os usuários podiam limitar quem teria acesso às suas informações, mas “não limitou o compartilhamento de informações” com desenvolvedores. O Facebook afirmou que havia abandonado a prática em 2015, mas o Bureau encontrou evidências de que alguns desenvolvedores ainda tinham esse acesso em 2018.


Facebook/Foto: Pixabay

Em comunicado, a rede social disse que não concorda com a punição, mas que iria resolver o assunto rapidamente. “Embora não concordemos com as conclusões do comissário, estamos resolvendo esse assunto celebrando um acordo de consentimento e não contestando as conclusões”, destacou um porta-voz.

Esse multa foi apenas mais uma de uma sequência que o Facebook tem recebido por violações à privacidade do usuário. Desde que o escândalo da Cambridge Analytica veio à tona, a empresa recebeu diversas punições, incluindo uma de US$ 5 bilhões de reguladores americanos no início do ano.

Fonte: olhardigital