Propaganda

Cidade de MT ameaça até prender quem não usar máscaras



A prefeitura de Alto Araguaia, a 426 km de Cuiabá, determinou multa e prisão para quem for flagrado sem máscaras nas ruas. Além do decreto estadual, que já determina a obrigatoriedade, a prefeitura publicou um novo decreto nesta semana classificando o ato como crime de propagação de doença contagiosa. Na constituição brasileira, a punição é de multa e detenção de um mês a um ano.

Segundo a prefeitura, onde estiver pessoas descumprindo o decreto, a orientação é chamar a Polícia Militar. Outras medidas também foram adotadas no município com o novo decreto. Restaurantes, lanchonetes, pizzarias, espetinhos e afins agora podem funcionar até às 21h.

De acordo com a prefeitura, está permitida a venda de bebida alcoólica para consumo nesses locais, por até uma hora. No entanto, o novo decreto proíbe confraternizações domiciliares, que causem aglomeração de pessoas que não pertencem a família que vive naquela casa. Além disso, durante de 30 dias, está proibida a utilização de quadras poliesportivas e estão proibidas as atividades de ambulantes de outras cidades em Alto Araguaia.

Os administradores de bancos e casas lotéricas devem providenciar tendas pra acomodar os clientes e evitar aglomerações. O município tem dois casos confirmados de Covid-19, conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), nessa segunda-feira (18).

Fonte: folhamax