Propaganda

Mário Frias é confirmado como secretário de Cultura de Bolsonaro



Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu confirmar que Mário Frias assumirá o cargo que era de Regina Duarte, horas depois do anúncio da saída da atriz da Secretaria especial de Cultura.

A informação foi confirmada pelo site O Antagonista, que informou ainda que a nomeação do ex-galã de Malhação para o cargo sairá até esta quinta-feira (21). O Planalto, entretanto, ainda não oficializa o nome no posto.

Nesta quarta-feira (20), Bolsonaro se encontrou com Duarte no começo da manhã e tomou a decisão com ela. Em rede social, o presidente da República declarou que a artista assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP”, comentou o político.

“Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, destacou o presidente ainda na publicação.

Já a artista definiu a mudança como um “presente”. “Acabo de ganhar um presente, que é o sonho de qualquer profissional de comunicação, de audiovisual, de cinema e de teatro, um convite para fazer cinemateca que é um braço da cultura em São Paulo”, afirmou ela em vídeo.

Enquanto isso, Bolsonaro já tinha em mente o desejo de colocar Mário Frias no cargo. Prova disto é que, nesta terça-feira (19), ele se reuniu com o ator em um almoço e ainda compartilhou um vídeo em que o famoso disse estar disponível para o presidente.

Fonte: rd1