Propaganda

Antonia Fontenelle toma atitude em processo contra irmãos Neto



Processada na Justiça por Luccas e Felipe Neto, Antonia Fontenelle resolveu recorrer a liminar que a obriga a excluir as publicações no Instagram sobre os irmãos, no prazo de 24h, a partir do momento em que foi citada.

Tentando se defender, a apresentadora solicitou a suspensão da liminar, que prontamente foi indeferida pelo juiz, que compreendeu que o pedido de urgência dos irmãos “não apresenta real possibilidade de gerar dano grave ou de difícil reparação ao direito da apresentadora”. A informação é da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Dessa forma, a liminar que os youtubers conseguiram em caráter de urgência, permanece. Além disso, por ter entrado com um recurso antes mesmo de ser notificada judicialmente, Antonia Fontenelle foi considerada citada na ação, sem nem mesmo precisar receber a documentação por um oficial de Justiça. Sendo assim, a apresentadora já está descumprindo a ordem judicial que a obriga a deletar as publicações citadas.

Anteriormente, uma multa de R$ 5 mil foi colocada em caso de descumprimento da ordem. Porém, Luccas e Felipe Neto já entraram com um pedido para que esse valor seja diário. Ou seja, a cada dia que as publicações permanecerem no ar, a artista terá que pagar os R$ 5 mil.

De acordo com a publicação, o processo, que foi distribuído no último dia 17 e tramita na 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, é de número 0021597-77.2020.8.19.0209. Além da retirada das postagens, uma retratação pública e pagamento dos honorários dos advogados, os irmãos também pedem R$ 100 mil de indenização para cada.

Felipe Neto reage

O youtuber decidiu falar sobre a decisão da apresentadora em seu perfil no Instagram. “Atualização dos processos: uma apresentadora associou nossa imagem à pedofilia. Juiz determinou que apagasse em 24h. Ela entrou com recurso. Hoje saiu o resultado: seu recurso foi negado. Ela já está em descumprimento da decisão judicial”, comentou o famoso.

“Estamos aguardando ela apagar os posts. Os processos agora continuarão nas esferas cível e criminal, onde ela terá a chance de provar tudo o que falou. A justiça há de funcionar”, completou.

Fonte: rd1