Propaganda

Blogueiro bolsonarista é preso pela PF


G1

A Polícia Federal prendeu o blogueiro Oswaldo Eustáquio, ex-assessor do Ministério dos Direitos Humanos, em Campo Grande (MS), na manhã de sexta-feira (26/06). Ele é investigado na Operação Lume, inquérito que apura financiamento e organização de atos antidemocráticos conta o Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é do jornal O Globo.

A corporação localizou o ativista bolsonarista inicialmente em Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai. Ele vinha sendo monitorado pois haveria perigo de ele deixar o país. No ato da prisão, ele estava na capital do estado.

Ele apareceu em uma live com o ex-deputado condenado no mensalão Roberto Jefferson, quando o político defendeu que haveria uma tentativa de golpe contra Jair Bolsonaro

O blogueiro apareceu em uma live com o ex-deputado condenado no mensalão Roberto Jefferson, quando o político defendeu que haveria uma tentativa de golpe contra Jair Bolsonaro (sem partido). A conversa ao vivo foi retransmitida pelas redes sociais do presidente.

A esposa de Eustáquio trabalha no governo Bolsonaro. Em sua rede social, o blogueiro disse, há uma hora, que possui um “núcleo de jornalismo investigativo”.

O referido núcleo estaria no Paraguai, onde descobriu que o “comércio aberto” e o “combate à desinformação da mídia” seria a causa de poucas mortes por coronavírus no país vizinho. O Paraguai, diferentemente do Brasil, adotou uma postura rígida de isolamento social contra a doença.