Propaganda

Casados, policial civil e servidora da Saúde morrem no mesmo dia em MT



O policial civil aposentado Benedito Paulo Jardim Rodrigues, 67, e sua esposa, a funcionária estadual de saúde aposentada Arilda Martins dos Anjos Jardim, 71, morreram na manhã desta terça-feira (30), em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), no Hospital MedBarra, em Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá). Os óbitos foram confirmados com uma diferença de poucos minutos.

Ambos foram internados com sintomas da doença após serem infectados há aproximdamente um mês. Em estado grave, o casal acabou sendo vencido pela doença. Com as mortes, o município já registra 18 óbitos e 208 infectados.

Em nota, a Polícia Civil lamentou a morte e homenageou a atuação de Paulo na instituição. “A Polícia Civil lamenta profundamente a morte do servidor aposentado, que tanto contribuiu para o desenvolvimento da instituição, especialmente em Barra do Garças, região onde Paulo Jardim honrosamente exerceu suas funções”.

Nas redes sociais, amigos e familiares também prestaram condolências.

CENÁRIO PANDÊMICO

Na noite desta segunda-feira (29), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (29), 15.328 casos e 590 mortes por Covid-19 em Mato Grosso. Além de Barra, as 34 mortes mais recentes envolveram residentes de Várzea Grande, Sinop, Cuiabá, Confresa, Vila Bela da Santíssima Trindade, Nova Mutum, Jangada, General Carneiro e Campo Novo do Parecis.

NOTA

Polícia Civil lamenta morte de policial civil aposentado e esposa

Com grande pesar, a Polícia Civil de Mato Grosso comunica o falecimento do investigador de polícia aposentado, Paulo Jardim e sua esposa, Arilda Martins dos Anjos Jardim,ocorridos na madrugada desta terça-feira (30.06), no município em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá).

O policial civil e sua esposa, que é mãe do investigador Charles Magdo Martins da Silva, lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças, encontravam-se internados na UTI do Hospital Med Barra, onde foram diagnosticados com a covid-19.

A Polícia Civil lamenta profundamente a morte do servidor aposentado, que tanto contribuiu para o desenvolvimento da instituição, especialmente em Barra do Garças, região onde Paulo Jardim honrosamente exerceu suas funções.

A Polícia Civil também se solidariza ao investigador Charles pela perda da mãe e a toda família e amigos enlutados.

Fonte: folhamax