Propaganda

Danilo Gentili defende autora de Harry Potter após acusação de transfobia



Danilo Gentili saiu em defesa de J.K. Rowling, autora da saga Harry Potter e acusada nas últimas semanas de transfobia após um comentário em sua rede social sobre homens trans. O apresentador do SBT disse que pesquisou o motivo da polêmica e não poupou críticas contra o politicamente correto.

“Aí você vai pesquisar para descobrir qual teria sido o tal comentário transfóbico da escritora e foi esse: ‘mulheres menstruam'”, escreveu o famoso no Twitter. “Não são mais apenas as piadas que são ofensivas. Já chegamos no ponto que o que ofende é o óbvio e a própria natureza”, detonou.

Maurício Meirelles concordou com o desabafo do colega humorista. “Sabe o que acho? Que quando a gente fica puto com essas idiotices, eles comemoram porque é alguém grande dando bola pra isso”, manifestou.

No início de junho, a escritora se referiu ao termo “pessoas que menstruam”, usado para incluir homens trans. Ela ironizou o uso da expressão e disse que já existe uma palavra para denominar esse grupo: mulheres.

De lá para cá, ela se tornou alvo de duras críticas. Na editora que leva o seu nome, quatro escritores pediram demissão após a polêmica. São eles: Fox Fisher, Drew Davies e Ugla Stefanía Kristjönudóttir Jónsdóttir. O quarto preferiu manter o anonimato.

Fonte: rd1