Propaganda

Justiça encerra briga entre pai de Cristiano Araújo e Zeca Camargo



O processo em torno do pai de Cristiano Araújo, vítima de um acidente de carro, em 2015, e Zeca Camargo chegou ao fim. Os dois travavam uma briga por causa de uma crônica feita pelo jornalista, logo após a notícia da morte do cantor.

Na época, o agora ex-Globo escreveu críticas ao luto pela morte do sertanejo. Então, o apresentador acabou sendo processado pelo pai do músico, João Reis de Araújo. O comentário de Zeca dizia: “A surpresa maior, porém, é o fato de ele ser ao mesmo tempo tão famoso e tão desconhecido”.

“O que realmente surpreende nesse evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para um abraço coletivo (…). Ao nos mostrarmos abalados com a ausência de Cristiano, acreditamos estar de fato comovidos com a perda de um grande ídolo. Todos sabemos que não é bem assim”, completava ele.

Em 2015, a C.A. Produções Artísticas, então, pedia R$ 60 mil de indenização a Zeca Camargo. O pai do cantor afirmou que metade desse valor iria para caridade.

No entanto, em 2018, o jornalista foi condenado pela primeira vez e, mesmo recorrendo, continuou com a condenação mantida. Já em outubro de 2019, o famoso desistiu e entrou em acordo com a família de Cristiano Araújo, segundo informações do Notícias da TV.

A publicação contou também que o processo foi arquivado apenas em março deste ano. Em rede social, o pai do sertanejo lembrou da morte dele: “Se eu tivesse o poder de ficar um dia sem lembranças, essa data (24 de junho) seria eternamente esquecida da minha memória”.

Fonte: rd1