Propaganda

Várzea Grande cria barreiras sanitárias e irá fechar até festas em casa


Folhamax

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM), publicou um novo decreto nesta sexta-feira (26), proibindo a realização de festas e reuniões familiares na região metropolitana durante 15 dias. A medida foi acrescentada ao Decreto Municipal nº 41/2020, que determinou a quarentena obrigatória no município por ordem do juiz da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Várzea Grande, José Luiz Lindote.

“Determina-se o fechamento de shopping centers, bares, feiras, academias, shows, cinemas, teatros, casas noturnas, salões de beleza, barbearia e clínicas de procedimentos relativos à estética, festas e confraternizações familiares e congêneres, ainda que realizadas em âmbito domiciliar, evitando, assim, a aglomeração de pessoas, pelo prazo de 15 (quinze) dias”, diz o capitulo 4 publicado no Diário Oficial dos Municipios.

Lucimar, que vê diariamente a escalada de mortes em decorrência a Covid-19 com a falta de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no município, também incluiu a criação de barreiras sanitárias para contenção e triagem de pessoas na cidade. “Controle do perímetro da área de contenção, por barreiras sanitárias, para triagem da entrada e saída de pessoas, ficando autorizada apenas a circulação de pessoas com o objetivo de acessar e exercer atividades essenciais”, diz outro trecho do decreto.

A cidade ocupa a terceira posição no ranking com maior índice de infectados, até a noite desta quinta-feira (25), eram 968 e 96 óbitos pelas doença. Ontem, a prefeitura emitiu nota que todas as UTIs destinadas aos pacientes com Covid estavam ocupadas e que 41 pessoas estavam na fila de espera.

Desde que o município perdeu o controle da pandemia, a chefe do Executivo Municipal vem adotando medidas na tentativa de minimizar a precariedade no sistema público de Saúde. Na última quarta-feira (24), Lucimar acatou ao pedido do judiciário e determinou somente o funcionamento dos serviços essenciais, como supermercados, drogarias e postos de gasolina por exemplo.