Propaganda

Victor Chaves quebra o silêncio sobre depressão e faz revelação sobre saída da Globo



Três anos se passaram desde que Victor Chaves foi acusado de agredir Poliana Bagatini, sua então esposa, quando ela estava grávida. Em conversa com a Folha de São Paulo, o sertanejo abriu o jogo sobre tudo o que passou na época.

Após a agressão, o cantor se separou da dupla com o irmão Leo e foi demitido da Globo no meio da temporada do The Voice Kids, reality em que atuava como técnico.

De acordo com o cantor, após o escândalo, ele acabou tendo um quadro de depressão e até tentou suicídio: “Fui para Uberlândia para decidir se ia parar a turnê da dupla. Lá me deparei com um caos psicológico e emocional. Tombei. Seis dias depois do episódio quase tirei minha vida”.

Sobre a saída do reality musical infantil, Victor Chaves afirmou: “Eles colocaram que eu pedi para sair do programa. Isso nunca aconteceu. Eu tinha problemas com a direção, por questões ideológicas.Destruir-me era um bom negócio. Não conseguiram”.

Vale lembrar que, apesar dos vídeos da câmera de segurança mostrar Poliana no chão durante a briga com o cantor, ele nega a agressão: “Tento impedir e proteger minha filha. ‘Calma, você está grávida’. Ela cede, mas volta. É triste Poliana dizer no depoimento que eu a joguei no chão. Na TV, aceleram o vídeo. Não dá para ver que estou arqueando o corpo para suavizar a queda dela.O exame de corpo de delito deu negativo. Não havia marcas de agressão“.

Fonte: rd1