Header Ads

DIAMANTINO: Justiça cassa presidente da Câmara Municipal

A decisão da justiça que tramitou com o processo numero PJE Nº 0000437-49.2016.6.11.0007 em que investigava a utilização de candidatas laranjas nas eleições proporcionais de 2016 teve novo desfecho e desta vez pelo tribunal de justiça do estado de Mato Grosso.

Mesmo quase no fim do mandato devido a tamanha demora nas apurações dos fatos e depois de isentando em primeira instancia e recorrido pelo ministério publico o processo de investigação contra a chapa composta pelo PSD e PTB denominado “Todos por Diamantino II”, teve novo desfecho com a cassação da chapa e inelegibilidade de alguns de seus membros.

Entre os cassados da chapa estão o atual presidente do legislativo Edson da Silva que atualmente é o presidente do legislativo e já buscava a reeleição.

Na decisão parcial também foi aplicando a sanção de inelegibilidade, porém limitadamente a Maria de Fátima Da Silva, Sandra da Silva Ferreira Cargnin, Geruza Araujo, Sandro Ferreira e Clarice Rodrigues Martins.

Participaram deste julgamento o relator Dr. Bruno D’Oliveira Marques 1° Vogal - Doutor Jackson Francisco Coleta Coutinho2° Vogal - Doutor Gilberto Lopes Bussiki3° Vogal -Desembargador Sebastião Barbosa Farias4° Vogal -Doutor Sebastião Monteiro da Costa Júnior5° Vogal -Doutor Fábio Henrique Rodrigues de Moraes Fiorenza6° Vogal -Desembargador Gilberto Giraldelli.

Agora com esta decisão em executada acontecerá novo calculo para preenchimentos da vaga na câmara e visto que a chapa foi cassada. Suplentes terão que ficar atentos e já requerer a aplicação do calculo para que possam assumir.

Ainda cabe recurso.

FONTE: O DIVISOR

Tecnologia do Blogger.